Chegou ao fim. Foram três dias com programação científica muito variada e com diversos debates, que atualizou os congressistas com o que há de mais novo em tratamentos para patologias frequentes da especialidade.

Neste sábado, o evento teve início com a mesa-redonda sobre Hepatites Virais com moderação do Dr. Eduardo Joaquim Castro. Ocorreram apresentações sobre Uso dos DAAs na Hepatite Crônica C – Resultados iniciais, com o Dr. Paulo de Tarso A. Pinto, Tratamento da Hepatite crônica B, com o Dr. Gustavo Henrique Pereira, e Manifestações sistêmicas da infecção pelo HCV, com o Dr. Bernardo da Cruz Junger de Carvalho. Finalizando a mesa-redonda os palestrantes e o moderador debateram os temas com os congressistas por cerca de 20 minutos.

Após um intervalo para o Gastrolanche, os conferencistas voltaram ao auditório A do CBC para a conferência de Síndrome do Intestino Irritável – Roma IV, ministrada pelo Dr. Ricardo Alvariz e presidida pelo Dr. José Galvão-Alves que, após o término da conferência, continuou no palco para comandar a mesa-redonda sobre Neoplasia Intraductal Mucinosa Papilífero (NIMP), que contou com apresentações sobre Definição e Classificação, com o Dr. Rubens Basile, Diagnóstico por imagem, com o Dr. Antonio Siciliano, Ecoendoscopia, com o Dr. Thiago Tatagiba, e Cirurgia, com o Dr.  Arnaldo Marques. Encerrando a mesa-redonda houve um debate por cerca de dez minutos com os presentes.

O Dr. Flávio Quilici realizou a conferência de encerramento que teve como tema Transplante de Microbiota Intestinal – onde estamos? e foi presidida pelo Dr. Pietro Novellino.

Na conclusão do XXVI Gastren-Rio, Dr. Luiz Abrahão Jr. fez um agradecimento aos congressistas, a diretoria e todos os patrocinadores que participaram da edição 2016 do evento e, junto com os Drs. José Galvão Alves, Luiz Abrahão, Pietro Novellino e Flávio Quillici, fez a entrega dos prêmios para os trabalhos científicos e realizou o sorteio dos livros.

Em 2017 tem mais. O XXVII Gastren-Rio será realizado em agosto. Prepare-se.

CONFIRA AS FOTOS