fonte: ABCD (Associação Brasileira de Colite Ulcerativa e Doença de Crohn)

No dia 31 de agosto de 2020, foi publicado o relatório de avaliação da CONITEC (Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias) para incorporação do IGRA para detecção de tubecurlose latente em pacientes imunocomprometidos no Sistema Único de Saúde (SUS), o qual recomendou de forma preliminar a incorporação do teste.

Este relatório de recomendação da CONITEC foi feito em resposta a uma demanda da Sociedade Brasileira de Patologia Clínica / Medicina Laboratorial (SBPC/ML) , considerando a importância de diagnosticar a tuberculose em indivíduos imunossuprimidos com comorbidades ou em terapia biológica. Na análise preliminar, a CONITEC concluiu que o teste IGRA para o diagnóstico de ILTB (infecção latente pelo Mycobacterium tuberculosis) representa uma alternativa válida ao PPD (Purified Protein Derivative), ou pode ser utilizado em conjunto com este, principalmente em indivíduos imunocomprometidos e crianças, além de representar a melhor escolha para indivíduos vacinados com BCG.

Agora, para que possa adotar sua decisão final, a CONITEC convida a sociedade civil para fazer sua contribuição para a consulta pública até 21 de setembro de 2020.

Esse é o momento colaborar com a sua experiência. Apesar de ser uma doença tratável, a tuberculose constitui um grave problema de saúde pública e continua sendo a principal causa de morte por uma doença infecciosa entre adultos em todo o mundo1.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que, no ano de 2018, dez milhões de pessoas adoeceram por tuberculose e 1,5 milhão morreram pela doença no mundo2.

Quanto mais opções diagnósticas disponíveis, mais contribuiremos para reduzir o impacto da tuberculose em nossas comunidades e melhor será o manejo de nossos pacientes.

LINK PARA ENVIAR A SUA CONTRIBUIÇÃO À CONSULTA PÚBLICA  

LINK RELATÓRIO DA CONITEC 

LINK DO DOSSIÊ ENVIADO PELA SBPC