Com a pandemia do novo Coronavírus, muitos pacientes e associados contam com uma série de dúvidas em relação a entrega de medicamentos controlados pela RioFarmes durante este período de isolamento social.

Em contato com a coordenação da RioFarmes, a Dra. Renata Froes, da comissão Jovem Gastro da AGRJ, recebeu o retorno de que nao serão aceitas LMEs com assinatura eletrônica ou escaneadas e serão validadas as últimas originais do paciente.

Ainda segundo a coordenação da RioFarmes, todas as atualizações de procedimentos estão sendo atualizadas no site do Governo do Estado do Rio de Janeiro.

No link encontra-se a nota técnica SGAIS/SES-RJ nº 01/2020, informando que caso o usuário não possa apresentar o LME de renovação por motivo de esvaziamento dos serviços de saúde, o último LME ativo apresentado será automaticamente renovado por mais três meses consecutivos. LMEs assinadas eletronicamente ou digitalizadas não serão aceitas.

Ainda foi informado que as recomendações do Ministério da Saúde são avaliadas por cada secretaria estadual de saúde que podem ou não seguir as orientações apresentadas, considerando a capacidade dos serviços e a particularidade de cada Estado.

SAIBA MAIS:

Hidroxicloroquina e cloroquina viram produtos controlados

Hidroxicloroquina: orientação aos pacientes e farmácias

CONFIRA A NOTA TÉCNICA